A Abóbada

SINOPSE OFICIAL: Após a vitória dos portugueses sobre os castelhanos na batalha de Aljubarrota, o rei D. João I decide mandar conceber e erigir um grande mosteiro que devidamente celebre e agradeça a Deus a vitória. Na corte defendem uns que deve ser um arquitecto estrangeiro, largamente experiente e mais preparado, a tomar o encargo de tão grande responsabilidade; defendem outros que, precisamente pela enorme responsabilidade e simbolismo de tal monumento, deve ser um entre os muito sabedores e experimentados portugueses a fazê-lo. A ala estrangeirista será encabeçada pela rainha, e a nacionalista pelo rei. Gera-se o desentendimento contido entre rei e rainha, e a intriga generalizada, mas cautelosa, na corte. Prevalece a vontade do rei que, entregando a obra a Mestre Afonso Domingos, acaba por, com grande pesar, o ver cegar, perfilando-se então o Mestre irlandês David Huget, que toma a obra e acaba por a ver abater. Chamado o Mestre Afonso Domingos, mesmo que cego, desenha uma abóbada revolucionária que a todos assusta. Mas concluída a abóbada, Mestre Afonso Domingos manda que toda a corte abandone a sala e manda retirar os suportes de sustentação da abóbada, que se sustem, isolando-se no interior, sentado na única pedra que ali mandou que deixassem, por debaixo do centro da abóbada, afirmando: “a abóbada não caiu... a abóbada não cairá”. E ali é encontrado morto, três dias depois. A abóbada ainda hoje se sustenta.

{{row.Title}} ( {{row.Year}} )

{{row.TitlePT}}

{{row.Duration}} min | {{row.Format}}
{{role.RoleName}}: {{person.PersonName}},

Baseado em: {{row.Work}} de {{person.PersonName}},


{{row.Synopsis}}

Galeria
Sem imagens para mostrar

Elenco

  • {{actor.PersonName}} ({{actor.Content.Character}}) | Dobragem: {{actor.Content.VoiceBy[0].Label}} ,

  • e {{row.AdditionalActors}}
  • (mais...)
  • (menos...)

Ficha técnica

  • {{ role.RoleName }}: {{person.PersonName}}, ({{person.Content.Character}}) |
(mais...)
(menos...)

Estreias

Primeira exibição pública: {{row.FirstPublicShowing}}

Primeira exibição pública em Portugal: {{row.FirstPublicShowingPortugal}}

Data de estreia: {{row.PremiereDate | date:'dd-MM-yyyy'}}

Local de estreia: {{row.ForeignPremiere}}

Data de estreia em Portugal: {{row.PortugalPremiereDate | date:'dd-MM-yyyy' }}

Local de estreia:

  • {{premiere.Label}} ,
  • (mais...)
  • (menos...)

Data de estreia em Lisboa: {{row.LisbonPremiereDate | date:'dd-MM-yyyy' }}

Estreias em Lisboa: {{sala.Label}} ;

{{row.BoxOffice | number:0}} espectadores em Portugal

Músicas

  • {{song.Title}} interpretada por {{p.Label}},
    Autor da letra: {{p.Label}},
    Autor da música: {{p.Label}},
(mais...)
(menos...)

Produção

Empresas produtoras: {{row.ProducedFor}}

Rodagem: {{row.Running}}

Cópias

  • Localização de cópia: {{row.OriginalCopy}}
  • Edição em VHS: {{row.VideoEdition}}
  • Edição em DVD: {{row.DVDEdition}}
  • Edição em Blu-ray: {{row.BlueRayEdition}}

Observações

Documentos