O Diabo em Lisboa

O diabo no seu escritório, na Boca do Inferno, ouve Alepe ditar uma carta à dactilógrafa, na qual se pede ao Padre Eterno providências para o excessivo número de almas vindas da Terra para o Purgatório. Perguntando o diabo o motivo de tal facto, Alepe explica que os habitantes da Terra andam envolvidos em guerras e revoluções. O diabo resolve observar a Terra para o que se serve de um telescópio, mas, focando uma cidade, vê apenas cenas de amor, pelo que mostra a sua estranheza a Alepe. Este diz-lhe, então, que a cidade que ele observa é Lisboa, a cidade do amor. O diabo, interessado, continua observando e ouve, depois de presenciar vários aspectos típicos da vida de Lisboa, uma entrevista entre dois rapazes, Pedro e Jorge, e duas raparigas, Luísa e Maria Manuela, no Jardim de S. Pedro de Alcântara. Simultaneamente, na Mouraria, à porta de uma taberna, uma rapariga, de nome Rosa, escuta algumas quadras que um operário canta, acompanhado à guitarra. Os dois pares dirigem-se de S. Pedro de Alcântara para o Chiado, à hora de maior movimento elegante, parando diante de algumas montras, onde admiram os objectos expostos, pedindo aos rapazes que as acompanham que lhes comprem duas bonecas que ostentam os melhores modelos de vestidos. Ante a recusa dos rapazes, elas resolvem fugir. E os rapazes sobem ao alto do elevador de Santa Justa, conseguindo vê-las tomar um táxi, no Rossio. Perseguem-nas até ao Jardim Zoológico, onde as convidam a tomar chá, recusando-se elas a dançar. De casa, convidam-nas a ir ao Maxim's, ao que elas respondem encrespando-se por não lhes terem comprado os vestidos. À meia-noite, Pedro e Jorge encontram-se no Maxim's, onde se dança animadamente. O diabo abandona o telescópio e diz a Alepe: «- É meia-noite e até às três tenho o poder supremo sobre o mundo. Vou-me divertir. Manda-me para Lisboa algumas almas do inferno, entre elas as de Messalina, Cleópatra e Severa.» As almas do inferno bailam doidamente pelas praças de Lisboa. Na montra da loja do Chiado, as duas bonecas de cera tomam repentinamente vida. Nelas entraram as almas de Cleópatra e Messalina. Resolvendo aproveitar as três horas de estada em Lisboa, Cleópatra e Messalina entram no Maxim's. A sua entrada causa sensação principalmente nos dois rapazes, que vêem com espanto os dois vestidos-modelos. Entretanto, na taberna da Mouraria têm-se dado várias cenas conflituosas e todos querem obrigar Rosa a cantar o fado. No Largo do Barão de Quintela, junto à estátua de Eça, a alma da Severa, reconhecendo Lisboa, resolve dirigir-se para a Mouraria, vindo encarnar em Rosa que, repentinamente, pede a guitarra para cantar o fado, e fá-lo de tal maneira que comove todos os frequentadores da taberna. No Maxim's, os rapazes, Messalina e Cleópatra bebem pelas mulheres antigas, pelos rapazes modernos e resolvem passar para um gabinete reservado. O diabo ri. São três horas. As almas vão regressar ao inferno. Pedro e Jorge, ao quererem beijar Messalina e Cleópatra encontram bonecas de cera, em vez de mulheres de carne e osso. Na taberna, a alma de Severa abandona o corpo de Rosa, que foge da taberna, na companhia do operário, prometendo ambos levar vida honrada. As duas raparigas do Maxim's entram no gabinete, fazendo uma cena de ciúmes; os rapazes explicam-se, dizendo tratar-se não de mulheres mas de bonecas e oferecem-lhes os cobiçados vestidos modelos.

{{row.Title}} ( {{row.Year}} )

{{row.TitlePT}}

{{row.Duration}} min | {{row.Format}}
{{role.RoleName}}: {{person.PersonName}},

Baseado em: {{row.Work}} de {{person.PersonName}},


{{row.Synopsis}}

Galeria
Sem imagens para mostrar

Elenco

  • {{actor.PersonName}} ({{actor.Content.Character}}) | Dobragem: {{actor.Content.VoiceBy[0].Label}} ,

  • e {{row.AdditionalActors}}
  • (mais...)
  • (menos...)

Ficha técnica

  • {{ role.RoleName }}: {{person.PersonName}}, ({{person.Content.Character}}) |
(mais...)
(menos...)

Estreias

Primeira exibição pública: {{row.FirstPublicShowing}}

Primeira exibição pública em Portugal: {{row.FirstPublicShowingPortugal}}

Data de estreia: {{row.PremiereDate | date:'dd-MM-yyyy'}}

Local de estreia: {{row.ForeignPremiere}}

Data de estreia em Portugal: {{row.PortugalPremiereDate | date:'dd-MM-yyyy' }}

Local de estreia:

  • {{premiere.Label}} ,
  • (mais...)
  • (menos...)

Data de estreia em Lisboa: {{row.LisbonPremiereDate | date:'dd-MM-yyyy' }}

Estreias em Lisboa: {{sala.Label}} ;

{{row.BoxOffice | number:0}} espectadores em Portugal

Músicas

  • {{song.Title}} interpretada por {{p.Label}},
    Autor da letra: {{p.Label}},
    Autor da música: {{p.Label}},
(mais...)
(menos...)

Produção

Empresas produtoras: {{row.ProducedFor}}

Rodagem: {{row.Running}}

Cópias

  • Localização de cópia: {{row.OriginalCopy}}
  • Edição em VHS: {{row.VideoEdition}}
  • Edição em DVD: {{row.DVDEdition}}
  • Edição em Blu-ray: {{row.BlueRayEdition}}

Observações

Documentos